Dollar R$ 5,57 Euro R$ 6,07
Dollar R$ 5,57 Euro R$ 6,07

Polícia Segunda-feira, 14 de Dezembro de 2020, 15:30 - A | A

Segunda-feira, 14 de Dezembro de 2020, 15h:30 - A | A

SABOR DIFERENTE

Casal é denunciado por utilizar marmitaria para tráfico e homem morre durante abordagem

Da Redação
Assessoria

Uma equipe da 22ª Companhia de Força Tática em Campo Novo do Parecis (a 396 km de Cuiabá) prendeu no sábado (12) uma mulher por tráfico de droga, no bairro Boa Esperança. Durante o procedimento, o marido da suspeita teve convulsões e foi encaminhado a uma unidade de saúde e veio a óbito.

A informação descrevia uma casa como ponto de venda de entorpecente e teria armas de fogo.  No local, funcionava uma marmitaria e o casal denunciado estava em frente. Na abordagem, foi encontrado no bolso do homem porções de pasta base de cocaína e dinheiro. Ele precisou ser algemado devido à resistência.

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

Dentro da casa, os policiais encontraram 34 porções de pasta base de cocaína, 22 pedaços de maconha, uma balança, dois revólveres calibre 38, 12 munições intactas, cinco celulares e R$ 4.606,00 em dinheiro.

Durante o procedimento, o homem começou a se debater e a convulsionar e caiu no chão. Foram iniciados os procedimentos de primeiro socorros e acionado a equipe do Samu que o encaminhou ao hospital municipal.

A mulher contou aos policiais que eles estavam em processo de separação e o marido não aceitava a situação. Disse que não seria a primeira vez que o companheiro tentava tirar a própria vida. Ele já  teria feito duas vezes. Ela acrescentou que ele teria tomado uma grande quantidade de remédio.

Durante o registro da ocorrência na delegacia, a equipe do hospital informou que o homem tinha morrido.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

search