Dollar R$ 5,38 Euro R$ 5,76
Dollar R$ 5,38 Euro R$ 5,76

Polícia Domingo, 19 de Maio de 2024, 09:41 - A | A

Domingo, 19 de Maio de 2024, 09h:41 - A | A

LOUCO NA PINGA

Bombeiro bate em vizinhos e os ameaça com arma de brinquedo em condomínio de Cuiabá

Suspeito já havia sido denunciado momentos antes, por violência doméstica

Gabriel Soares

Editor-Chefe | Estadão Mato Grosso

Um militar do Corpo de Bombeiros, de 57 anos, foi preso na madrugada deste domingo, 19 de maio, após agredir um vizinho e ameaçar três pessoas de morte com uma pistola de brinquedo. O caso foi registrado em um condomínio no bairro Jardim Gramado, em Cuiabá. O suspeito acabou sendo detido pelos próprios vizinhos.

Conforme o boletim de ocorrência, o militar já havia sido denunciado momentos antes por violência doméstica. Porém, quando os policiais chegaram ao local, a esposa do bombeiro disse que houve apenas um desentendimento e não quis representar contra ele.

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

Momentos depois, os policiais militares foram chamados para o mesmo local. Porém, desta vez o suspeito tinha agredido e ameaçado seus vizinhos. Quando os policiais chegaram no local, encontraram o suspeito imobilizado pelos moradores do residencial.

Em conversa com os policiais, uma das vítimas - um homem de 34 anos - afirmou que o suspeito estava bêbado e teria lhe agredido com socos e chutes, além de ameaça-lo de morte. Um homem, de 32 anos, também disse ter sofrido ameaças, com o suspeito apontando uma pistola em sua direção. O boletim de ocorrência cita ainda que um terceiro homem, de 33 anos, também foi vítima do militar.

Ao verificar a arma, os policiais constataram que se tratava de uma pistola de ar comprimido, carregada com 17 chumbos pontiagudos. Além disso, o suspeito estava bastante agressivo e visivelmente embriagado.

Diante da situação, o bombeiro foi algemado e conduzido à Central de Flagrantes para registro da ocorrência e um oficial do Corpo de Bombeiros foi acionado para acompanhar o caso.

search