Dollar R$ 5,17 Euro R$ 5,62
Dollar R$ 5,17 Euro R$ 5,62

Opinião Terça-feira, 13 de Fevereiro de 2024, 07:03 - A | A

Terça-feira, 13 de Fevereiro de 2024, 07h:03 - A | A

ELUISE DORILEO

Por que fazer terapia?

Eluise Dorileo*

Com certeza você já leu ou ouviu alguém falando que não faz terapia ou terapia psicológica, porque sua terapia é a academia. Ou quando dizem que terapia mesmo é a leitura, um churrasco com os amigos, uma boa noite de sono ou mesmo um dia jogado no sofá vendo Netflix.

Mas a terapia psicológica, também chamada de psicoterapia, é muito mais do que uma atitude de autocuidado. É um processo psicológico baseado na ciência que busca a saúde e proporciona ao indivíduo mecanismos para que gerencie seus comportamentos e tenha uma vida com mais bem-estar, permeada por relações saudáveis e que por si só, já representam o autocuidado e o equilíbrio.

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

Através da terapia, a pessoa passa a compreender melhor a própria história, valorizar suas características pessoais, honrar seus valores, ultrapassar dificuldades, focar nos seus objetivos e gerenciar melhor suas emoções e condutas diante dos diversos sentimentos nas mais distintas fases da vida.

Fazendo uma analogia, a terapia proporciona a possibilidade de reconhecermos nossos próprios limites e a partir deste autoconhecimento, termos condições de uma vivência com mais plenitude, onde sabemos quais são as atitudes de autocuidado necessárias para a felicidade.

Ao contrário do que se pensa, a terapia é recomendada para todos e não apenas para aqueles que estão passando por um momento difícil ou de transtornos mentais. É uma ferramenta essencial para que a pessoa verbalize suas emoções e tenha consciência sobre como sua mente pode afetar sua saúde como um todo, bem como todas as relações de sua existência.

Livrar-se de dependências, aumentar a autoconfiança, conviver com medos, lidar com sentimentos e criar relações saudáveis são algumas razões para a adesão à terapia.

É importante salientar que autocuidado e terapia são distintos e é preciso saber diferenciá-los, porque não se substituem. O autocuidado é praticado pelas pessoas que reconhecem suas necessidades e as colocam como prioridade em suas vidas e para que isso aconteça, é essencial o exercício do autoconhecimento através da terapia.

Não deixe de se cuidar, olhar pra você, não são todos que querem o nosso bem.

Faça Terapia

*Eluise Dorileo é psicóloga, terapeuta familiar

search