Dollar R$ 5,46 Euro R$ 5,96
Dollar R$ 5,46 Euro R$ 5,96

Mundo Quinta-feira, 31 de Dezembro de 2020, 14:30 - A | A

Quinta-feira, 31 de Dezembro de 2020, 14h:30 - A | A

ANO BOMBÁSTICO

Israel anuncia que bombardeou 50 alvos na Síria em 2020

AFP

Israel bombardeou cerca de 50 alvos na Síria em 2020, de acordo com um relatório anual divulgado nesta quinta-feira (31) pelas Forças Armadas do país, que raramente comentam sobre suas operações no país vizinho.

No relatório, o exército israelense indica que "aproximadamente 50 alvos foram bombardeados na frente síria", sem dar mais detalhes.

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

Israel realizou centenas de ataques na Síria desde o início da guerra em 2011, contra tropas do governo, forças aliadas iranianas e combatentes do movimento xiita libanês Hezbollah.

O Estado hebreu desaprova a presença de forças iranianas nos arredores de seu território, já que a República Islâmica é um de seus principais inimigos.

Os últimos ataques atribuídos a Israel na Síria ocorreram na quarta-feira. De acordo com a agência oficial síria Sana, um soldado sírio foi morto e vários outros ficaram feridos no ataque contra uma posição militar perto de Damasco.

"Não comentamos as informações da mídia estrangeira", respondeu o exército israelense, que raramente confirma os detalhes de suas operações na Síria, conforme relatado de ONGs e da imprensa.

Consultada pela AFP, uma porta-voz militar disse que os números apresentados no relatório correspondem a 20 de dezembro. O documento também indica que aeronaves israelenses fizeram 1.400 excursões "operacionais" em 2020, sem dar mais detalhes.

Em relação à Faixa de Gaza, 176 foguetes foram disparados deste enclave palestino controlado pelo movimento islâmico Hamas contra o território israelense, dos quais 80 foram interceptados pelo sistema de defesa antimísseis e 90 caíram em terrenos baldios, de acordo com o relatório do exército.

Hamas e Israel travaram três guerras desde 2008. Na terça-feira, o Hamas e outros grupos armados realizaram exercícios militares conjuntos na Faixa de Gaza para homenagear o aniversário da guerra de 2008 com Israel, na qual 1.440 palestinos e 13 israelenses morreram.

 

search