Dollar R$ 5,12 Euro R$ 5,56
Dollar R$ 5,12 Euro R$ 5,56

Judiciário Terça-feira, 16 de Janeiro de 2024, 18:06 - A | A

Terça-feira, 16 de Janeiro de 2024, 18h:06 - A | A

ATRÁS DAS GRADES

Advogado suspeito de quebrar medida protetiva contra a ex permanece preso

Igor Guilherme

Repórter | Estadão Mato Grosso

 

O advogado Thiago Conceição da Silva, suspeito de ter quebrado uma medida protetiva contra sua ex, Tatiana Muller de Oliveira, teve sua prisão em flagrante convertida em prisão preventiva. A decisão foi proferida pela juíza Renata do Carmo Evaristo Parreira, nesta segunda-feira (15).

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

Na decisão, a juíza afirma que a conversão da prisão em preventiva é necessária para a preservação da integridade física da vítima, que relatou temer por sua vida caso Thiago seja posto em liberdade.

Leia mais: Advogado que espancou a ex quebra medida protetiva e é preso em bar de luxo

"Por isso, e considerando que o objetivo da Lei n. 11.340/2006 é dar proteção à mulher vítima de violência doméstica, tenho comigo que a conversão da prisão em flagrante do autuado em preventiva se torna uma medida necessária, para que a liberdade deste não seja um estímulo para a prática de novos crimes, protegendo a integridade física da vítima, bem como para a conveniência da instrução criminal superveniente", diz trecho da decisão.

A defesa de Thiago chegou a pedir para que a prisão fosse convertida em medidas cautelares, mas o pedido foi negado.

Agora, cabe à Secretaria de Estado e Segurança Pública (Sesp) decidir para qual penitenciária o advogado irá.

 

 

 

search