Dollar R$ 5,12 Euro R$ 5,56
Dollar R$ 5,12 Euro R$ 5,56

Esportes Segunda-feira, 21 de Novembro de 2022, 19:41 - A | A

Segunda-feira, 21 de Novembro de 2022, 19h:41 - A | A

COPA DO MUNDO

Senegal resiste por algum tempo mas acaba perdendo para a Holanda no final do jogo

Times mostram que estão em outro patamar no Grupo A

ge

Foi com mais dificuldade do que se imaginava. Principalmente pelo fato de Senegal não ter o seu astro Sadio Mané, cortado da Copa por lesão. Mas com gols de Gakpo e Klaassen, no segundo tempo, a Holanda venceu na sua estreia na Copa por 2 a 0, nesta segunda-feira, no estádio Al Thumama, e divide a liderança do Grupo A com o Equador - que na partida de abertura do Mundial superou o Catar pelo mesmo placar.

Agenda

A Holanda volta a campo na próxima sexta-feira para encarar o Equador, que também venceu na estreia ao bater o Catar por 2 a 0. Assim, quem vencer a partida dá um grande passo rumo à classificação. Já Senegal, também na sexta, encara a seleção anfitriã da Copa.

Primeiro tempo

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

Holanda e Senegal fizeram um primeiro tempo de muita pegada e bastante equilibrado. Inclusive na posse da bola, com 50% para cada lado. Apontada como a favorita do Grupo A, a seleção laranja procurou mais o ataque, porém teve dificuldade para superar a forte marcação senegalesa. Na melhor oportunidade, aos 19 minutos, após contra-ataque puxado por Bergwijn e cruzamento de Gakpo, De Jong recebeu na área, mas demorou muito para chutar e foi desarmado. Já os africanos, sem o astro Sadio Mané, também não assustaram muito o goleiro Noppert, que fez sua primeira partida com a seleção da Holanda. Empate e placar justo de 0 a 0.

Segundo tempo

Na etapa final, o cenário de equilíbrio se manteve. Porém, com Senegal conseguindo criar mais ofensivamente, enquanto a Holanda apostava principalmente no jogo aéreo. Aos 16 minutos, o técnico Louis van Gaal colcoa em campo o astro Memphis Depay, do Barcelona, mas eram os senegaleses que chegavam com mais perigo, obrigando o goleiro Noppert a fazer boas defesas. A melhor delas, em chute forte de Diatta, aos 19 minutos. Porém, no melhor momento de Senegal na partida, a Holanda conseguiu abrir o seu placar. E na jogada aérea. Depois de cruzamento com qualidade de De Jong, Gakpo se antecipou aos zagueiros e ao goleiro Mendy e, de cabeça, fez o gol da vitória do time laranja. Ainda houve tempo para Klaassen aumentar para os holandeses. Boa vitória. Mas suada.

Menino prodígio

Autor do primeiro gol, que tirou a Holanda do sufoco aos 38 minutos do segundo tempo, o jovem Cody Gakpo, de 23 anos, é uma das principais promessas do futebol holandês. Pelo PSV, o jogador tem números superiores aos de Haaland e Neymar na temporada - no que diz respeito a participação em gols.

Boa estreia

Antes da partida contra Senegal, a principal dúvida na Holanda era quem iria assumir o gol. O escolhido pelo técnico Van Gaal acabou sendo Noppert, do Heerenveen, que fez sua estreia oficial defendendo a seleção. E se saiu muito bem, ao fazer boas defesas. Principalmente no segundo tempo. Parece ter ganhado de vez a posição.

Pela TV

Eleito segundo melhor jogador na Bola de Ouro, o atacante Sadio Mané foi cortado dias antes da abertura da Copa por conta de uma lesão sofrida na fíbula. Com isso, o jogador precisou assistir a estreia de Senegal pela TV e postou a imagem em suas redes sociais. Torcida que, no entanto, não deu certo. E só aumentou ainda mais a lamentação dos senegaleses de não ter seu ídolo em campo. Foi a primeira derrota de Senegal em estreias de Copas. Antes, havia derrotado França (2002) e Polônia (2018).

search