Dollar R$ 5,45 Euro R$ 5,95
Dollar R$ 5,45 Euro R$ 5,95

Eleições 2020 Terça-feira, 10 de Novembro de 2020, 09:02 - A | A

Terça-feira, 10 de Novembro de 2020, 09h:02 - A | A

JAURU

Ex-gari disputa prefeitura em MT

Assessoria de Imprensa

Antonio Rosa Rodrigues pode se tornar prefeito de Jauru no Mato Grosso, aos 42 anos. Com esse nome, poucas pessoas o conhecem, mas pelo apelido de Toninho Borá todos conhecem e reconhecem nele uma vida de lutas e superação.

Toninho Borá tem no trabalho sua grande história de vida. Ele perdeu o pai muito cedo, aos 10 anos, sendo que aos 11 já era gari mirim em sua cidade. Aos 14 anos encarou a tarefa de ser cozinheiro em uma fazenda, garantindo alimento para quem faz o trabalho duro na lida do campo

Depois de ser gari, ajudando a limpar sua cidade da sujeira feita pelos outros, Toninho Borá também aprendeu fazer tijolo, que é a base para qualquer construção. O trabalho na olaria - onde se faz o tijolo - fez ele despertar para seu investimento nos estudos, que foi a base de uma nova construção em sua vida.

Ao conhecer a realidade por meio dos estudos, Toninho Borá descobriu também a política como uma ponte para viabilizar melhores condições para a gente trabalhadora de seu município que, na verdade, é companheira de trajetória dele. Se elegeu vereador e escreveu uma nova história na Câmara de Jauru.

É dele o projeto que acabou com o voto secreto na Câmara de Jauru e também colocou fim a três meses de férias ao ano, privilégio que os vereadores tinham. Ajudou a dar transparência nas ações do Legislativo, ao mesmo tempo em que colocava ponto final nos privilégios que perduraram por anos.

CAMPANHA SEM DINHEIRO PÚBLICO

Sempre determinado e inovador, Toninho Borá escreve um novo capítulo na história política e eleitoral de Jauru nas eleições deste ano. Ele decidiu fazer campanha sem dinheiro do fundo partidário, por entender que o dinheiro do chamado Fundão vem do povo e por isso teve ser revertido ao contribuinte. "Este dinheiro deve ser usado principalmente nas áreas essenciais da saúde e educação, e não para os políticos fazerem campanha, muitas vezes em benefício próprio", exclama, sem meias palavras.

Ao ser questionado porque entrou na disputa, Toninho Borá afirma que ele representa o novo que vem do povo, mas com experiência política de combate aos privilégios, marca de sua atuação. "Escolhi ser político e não me servir da política", enfatiza o candidato, que está usando a criatividade e as redes sociais para driblar a falta de recursos para sua campanha.

Ele é candidato a prefeito pelo Partido Liberal (22), com chapa pura na majoritária e proporcional. "Vamos ganhar a Prefeitura sem o compromisso de lotear os cargos dela", explica Toninho, anunciando que vai baixar seu salário como prefeito e sugerir que o vice e vereadores façam o mesmo. Ele também quer acabar com taxas e impedir a criação de outras, adiantando ainda que vai cortar drasticamente o número de cargos comissionados da Prefeitura.

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

search