Dollar R$ 5,38 Euro R$ 5,76
Dollar R$ 5,38 Euro R$ 5,76

Cidades Terça-feira, 22 de Novembro de 2022, 12:07 - A | A

Terça-feira, 22 de Novembro de 2022, 12h:07 - A | A

AVANÇOS NA SAÚDE

Sinop recebe prêmio por avanço no combate a infecções sexualmente transmissíveis

Karoline Kuhn | Prefeitura de Sinop

Mais uma boa notícia para a saúde de Sinop. O município ganhou a Certificação da Eliminação da Transmissão Vertical do HIV e selo Ouro de Boas Práticas Rumo a Eliminação da Sífilis Congênita pela Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde. “Esta certificação para Sinop foi essencial para o fortalecimento do serviço prestado a nossa população e incentivo à equipe de saúde para que continue prestando um serviço de excelência à população sinopense”, destacou a secretária municipal de Saúde, Daniela Galhardo.

O documento com o deferimento de aprovação foi encaminhado na última semana para a Secretaria Municipal de Saúde. Agora, o município deve manter o fortalecimento e dar continuidade às intervenções preventivas e terapêuticas para manter a certificação nos próximos anos. A manutenção da certificação é realizada a cada dois anos para Estados e municípios com população inferior a 1 milhão de habitantes e, a cada três anos, para localidades com população superior a 1 milhão.

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

O município vem trabalhando constantemente com os temas prevenção, orientação e tratamento nas Unidades Básicas de Saúde e, também, no Serviço de Atenção Especializado (SAE). Para isso, também vem investindo em constantes aperfeiçoamentos profissionais. Neste ano, por exemplo, médicos, enfermeiros e técnicos passaram por capacitação do manejo clínico da Sífilis e eliminação da transmissão vertical.

A transmissão vertical ocorre quando a criança é infectada por alguma Infecções Sexualmente Transmissível (IST) durante a gestação, parto, e em alguns casos durante toda amamentação. Todas as gestantes e suas parcerias sexuais devem ser investigadas para IST durante o pré-natal e no momento do parto, especialmente para o HIV, sífilis e hepatites virais B e C. Ao mesmo tempo, devem ser informadas e orientadas sobre as possibilidades de prevenção da transmissão vertical, bem como, sobre a possibilidade de riscos para a criança quando a gestante é infectada.

A identificação de infecções sexualmente transmissíveis pode ser feita gratuitamente nas Unidades Básicas de Saúde. Em caso de resultados positivos, os pacientes recebem de imediato as orientações necessárias para o início do tratamento, que também é ofertado pelo Sistema Único de Saúde.

search