Dollar R$ 5,17 Euro R$ 5,61
Dollar R$ 5,17 Euro R$ 5,61

Cidades Quarta-feira, 14 de Dezembro de 2022, 11:25 - A | A

Quarta-feira, 14 de Dezembro de 2022, 11h:25 - A | A

VACINAS SALVAM

Município de MT atinge 100% da população imunizada e não registra casos de covid há mais de 15 dias

O município vai na contramão do restante do país, que registra aumento de casos desde novembro

Cátia Alves

Editora-adjunta

O município de Nova Brasilândia, em Mato Grosso, não registrou nenhum novo caso de covid-19 nos últimos 14 dias. Com uma população de 3.829 pessoas, a cidade está com a imunização em 100% e se mantém no grupo dos municípios sem novas notificações. O município vai na contramão do restante do país, que registra aumento de casos desde novembro.

Desde o início da pandemia, em março de 2020, até esta terça-feira, 13 de dezembro de 2022, Nova Brasilândia confirmou 767 casos e perdeu 10 pessoas para a doença. Com a vacinação em dia, a cidade é uma das 17 sem classificação de novos casos.

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

Com o aumento dos casos de contágio e o atual cenário epidemiológico, a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou os 141 municípios de Mato Grosso, reforçando a importância das medidas de biossegurança. Além disso, algumas providências serão tomadas para reduzir a transmissão do vírus.

Atualmente, o estado registra a baixa cobertura vacinal de públicos elencados para a imunização: penas 67% da população tomou a vacina contra a covid-19. A alta taxa de ocupação das Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) destinadas ao tratamento da doença pelo Sistema Único de Saúde (SUS), também é preocupante.

Mato Grosso assiste aos números de novos pacientes com a doença crescer dia após dia. Nas últimas duas semanas, 5.809 positivos foram registrados no estado. A incidência é de 166,71 a cada 100 mil habitantes.

O cenário é desmotivador, já que por alguns meses o estado não registrava mais de 50 no mesmo período. Mas, desde o mês de novembro, uma nova onda vem sendo registrada.

Agora, 18 cidades estão com classificação muito alta, ou seja, notificando mais de 500 casos por 100 mil pessoas em 14 dias. Outras 47 estão com risco alto, 42 com risco moderado e 17 com risco baixo.

Cuiabá, capital do estado, está com risco moderado. Foram 246 novos positivos em duas semanas e taxa de incidência é de 40,16 casos a cada 100 mil habitantes.

Várzea Grande mantém classificação para risco baixo. São 65 casos durante o mesmo período. Por lá, cerca de 68% da população já está imunizada contra a doença. Na primeira semana de dezembro, o prefeito Kail Baracat (MDB), liberou a aplicação da dose de reforço, ou 4ª dose, em pessoas que tenham 25 anos ou mais.

A aplicação é feita para quem tenha tomado qualquer uma das vacinas disponíveis e se enquadre nos dois requisitos estipulados, idade e intervalo entre doses de pelo menos quatro meses.

search