Dollar R$ 5,38 Euro R$ 5,76
Dollar R$ 5,38 Euro R$ 5,76

Cidades Sábado, 25 de Dezembro de 2021, 16:15 - A | A

Sábado, 25 de Dezembro de 2021, 16h:15 - A | A

TRISTEZA NO NATAL

Ex-professor da Unemat que morava em Cuiabá morre em São Paulo ao visitar os filhos

Da Redação

Redação | Estadão Mato Grosso

Reginaldo Garcia Maia, 73, ex-professor da Universidade Estadual de Mato Grosso (Unemat) e ex-funcionário da Cemat morreu nesta sexta-feira (24), na cidade de São Carlos em São Paulo ao sofrer um ataque cardíaco.

Segundo constam os relatos de parentes, Reginaldo morava em Cuiabá e teria ido com a filha Rita de Cassia Haddad Maia passar o final de ano com os filhos que moram em São Carlos. Na madrugada de sexta-feira Reginaldo começou a passar mal e foi levado para o hospital da cidade. A vítima chegou a ficar na UTI, mas não resistiu a parada cardiorespiratória, e morreu por volta das 05h45.

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

Cacerense, Reginaldo era filho de Antônio Simões Maia e Ana Maria Garcia Maia, completaria 74 anos no dia 13 de janeiro.

Reginaldo foi casado com Lúcia Helena Haddad e tiveram quatro filhos sendo; Domingos Savio Haddad Maia, Antônio Luiz Haddad Maia, Reginaldo Garcia Maia Filho e Rita. O ex-professor que era formado em engenharia civil deixa também sete netos e teve um único irmão, Sidnei Garcia Maia.

O corpo do engenheiro foi velado na capela do Cemitério de São Carlos e foi sepultado no final da tarde.

search