Dollar R$ 5,42 Euro R$ 5,81
Dollar R$ 5,42 Euro R$ 5,81

Cidades Quarta-feira, 29 de Dezembro de 2021, 21:00 - A | A

Quarta-feira, 29 de Dezembro de 2021, 21h:00 - A | A

QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL

Em 2021, Escola de Governo capacitou 7 mil servidores e empregados públicos

Nayara Takahara | Seplag-MT

O Governo de Mato Grosso capacitou 7 mil servidores e empregados públicos durante o ano de 2021. Com foco no desenvolvimento profissional e pessoal, a Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), por meio da Secretaria Adjunta da Escola de Governo, ofertou cerca de 50 cursos de qualificação profissional e ainda se consolidou como Instituição de Ensino Superior (IES).

Para secretário da Seplag, Basílio Bezerra, a Escola de Governo tem trabalhado muito nesses últimos anos para potencializar as ações de formação continuada aos servidores, o que impacta diretamente na prestação dos serviços públicos de excelência. "Quem ganha com esse fortalecimento é a própria sociedade, ou seja, o cidadão".

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

No início de dezembro, durante a reunião do 120º Fórum Nacional de Secretários de Estado de Administração do Consad, Basílio Bezerra e outros 22 gestores firmaram um termo de cooperação técnica que criou a Rede de Escolas de Formação dos Estados voltada à qualificação de servidores públicos estaduais de todo o Brasil.

A parceria foi proposta por Mato Grosso e visa o desenvolvimento de competências profissionais relacionadas com o aperfeiçoamento do potencial do ser humano e a capacitação dos servidores públicos e segmentos estratégicos da sociedade.

A partir de um acordo de cooperação técnica, firmado no mês de julho deste ano, entre a Seplag e Escola Nacional de Administração Pública (Enap), entidade ligada ao Ministério da Economia, a Escola de Governo passou a ofertar cursos de qualificação profissional na plataforma virtual da Enap. Desde então, a instituição produz conteúdos para dois programas da entidade: Enap em Rede e o EV.G - Escola Virtual de Governo. Além de Mato Grosso, 21 estados brasileiros participam do programa Enap em Rede.

Para a secretária adjunta da Escola de Governo, Marioneide Angélica Kliemaschewsk, a atuação do Colegiado de Ensino também somou como um importante fator para o fortalecimento da Escola de Governo. Tanto o Projeto Pedagógico Institucional (PPI) como o Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI), ambos com vigência entre 2021 e 2025, foram aprovados pelo colegiado em meados deste ano. "Nosso objetivo principal é oferecer uma resposta mais adequada à formação dos servidores e à sociedade em geral”.

Coaching no serviço público

Em julho, o Programa Liderança e Coaching também foi retomado pela Adjunta da Escola de Governo com a realização do curso “Liderança e coaching para gestores públicos”. Ao todo, 74 servidores que ocupam cargos de liderança foram capacitados. O secretário de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel), Alberto Machado, destacou a importância do programa e da participação das lideranças da pasta no treinamento.

“Participar do curso reacendeu a necessidade da compreensão da Secretaria como um todo, da relevância da integração dos gestores com os liderados e também entre setores. É um programa fundamental para a eficiência do setor público, pois nos reforça conhecimentos de gestão, como de tempo, de resultados e do trabalho em equipe”.

Em sua 22ª edição e com mais de 450 líderes certificados, a metodologia coaching foi institucionalizada no Executivo estadual como ferramenta de gestão pública, por meio do Decreto nº 1.065/2017. À época, o programa conferiu a Mato Grosso o título de pioneiro na implantação do coaching no serviço público.

Estágio profissional

Outra relevante ação promovida pela Escola de Governo neste ano foi o projeto “Certificação Avançada de Estagiários.gov”. Pela primeira vez, a unidade formatou um projeto exclusivamente voltado aos estudantes do ensino médio, da graduação e da pós-graduação contratados como estagiários do Governo. O objetivo da iniciativa foi investir na formação profissional desse público no intuito de aumentar as suas chances de emprego no mercado de trabalho.

“Muitos destes estudantes estão tendo a sua primeira oportunidade de emprego através deste estágio com o Governo. Quanto mais adquirirem conhecimento e souberem dos caminhos para ingressar no mercado de trabalho, maiores serão as suas chances de obter um emprego”, explicou Basílio.

O Governo do Estado possui em seu quadro de pessoal 2.107 estagiários. Desses, 67 estão matriculados no ensino médio, 1.328 na graduação e 712 na pós-graduação. Mato Grosso é um dos estados pioneiros na contratação de estagiários de pós-graduação (lato sensu e stricto sensu).

A engenheira florestal Tatiane Pereira Gilioli, estagiária de pós-graduação da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) e pós-graduanda em topografia aplicada e geoprocessamento, conta que está em seu planejamento futuro pretende se tornar servidora pública e que o estágio com o Governo é uma oportunidade de conhecer melhor a área.

“Eu optei pelo estágio para conhecer melhor o serviço público. Quando recebi um e-mail da Escola de Governo falando sobre o curso, o interesse pela área foi o que me motivou inicialmente, a oportunidade de aprender um pouco mais sobre ela, de enriquecer a minha formação profissional e pessoal”.

De acordo com Kliemaschewsk, o projeto foi pensado como mais uma oportunidade de incentivar melhorias na formação do conhecimento e no currículo dos estagiários ao alinhar o aprendizado da sala de aula à prática vivenciada no mercado de trabalho. “Acreditamos que a educação transforma as pessoas e queremos estar ao lado dos nossos estagiários neste momento tão importante de aprendizado”.

search