Dollar R$ 5,17 Euro R$ 5,62
Dollar R$ 5,17 Euro R$ 5,62

Cidades Quinta-feira, 25 de Janeiro de 2024, 07:03 - A | A

Quinta-feira, 25 de Janeiro de 2024, 07h:03 - A | A

ENTRE EM CONTATO

Cursos profissionalizantes são ofertados para migrantes e refugiados em MT

Assessoria de Imprensa

Há cerca de 1,5 milhão de migrantes no Brasil, sendo que cerca de 650 mil são refugiados ou solicitantes de refúgio, entretanto, ações de inclusão são realizadas diariamente, um exemplo disso é o Projeto IntegrAção, que visa promover a integração social e a autonomia de migrantes e refugiados por meio de cursos de português e profissionalizantes. Dessa vez a iniciativa está sendo realizada em Lucas do Rio Verde (MT), com objetivo de formar cinco turmas de português e sete de cursos profissionalizantes, totalizando mais de 200 beneficiários. No ano passado, mais de 30 pessoas foram impactadas, entre formados e participantes de oficinas informativas

O Projeto IntegrAção é realizado pela Visão Mundial, organização humanitária que atua no Brasil há mais de 40 anos, em parceria com o Instituto BRF, financiador da iniciativa. Além disso, conta com a colaboração das redes de assistência social da cidade e de instituições de ensino, como a Escola Militar Tiradentes e a Escola Cecília Meireles, que cedem o espaço para a realização dos cursos.

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

“Muitos migrantes chegam ao Brasil sem conhecimento do idioma, da legislação nacional sobre direitos, acesso a serviços e documentação. Por isso, o Projeto IntegrAção busca proporcionar, além de cursos de português, capacitações profissionalizantes e espaços de orientação profissional sobre revalidação de diplomas e palestras sobre direitos e deveres no país”, explica Amanda Cegatti, coordenadora de Projetos da Visão Mundial.

Em novembro do ano passado, a iniciativa formou sua primeira turma de português, com 21 concluintes. Agora, mais cinco turmas foram iniciadas, sendo três de português, uma de empreendedorismo e uma de atendimento ao cliente. Com essas turmas, estima-se atender mais de 100 beneficiários. As aulas de português tiveram início no dia 20 de janeiro, sábado, às 13h30, na Escola Militar Tiradentes. Já o curso de empreendedorismo no dia 22 de janeiro, às 18h30, na Escola Cecília Meireles, e o curso de atendimento ao cliente, 23 de janeiro, às 18h30, também na Escola Tiradentes.

Além das atividades educacionais, o Projeto IntegrAção planeja realizar ações informativas sobre a temática migratória, tanto para servidores públicos das redes de assistência social, quanto para os próprios migrantes, buscando fornecer informações importantes sobre direitos e deveres no Brasil. No dia 23 de janeiro, à tarde, será realizado um treinamento sobre documentação e regularização migratória para os servidores do Centro de Assistência Social (CRAS) da cidade, no espaço do próprio Centro.

“Ter um projeto tão importante como a IntegrAção em Lucas do Rio Verde é motivo de muito orgulho. Acreditamos que a educação é uma ferramenta poderosa para a transformação social. Estamos comprometidos em apoiar iniciativas que promovam a igualdade de oportunidades e a valorização da diversidade”, conclui Cegatti.

As inscrições para as próximas turmas abrem no início de fevereiro e podem ser feitas entrando em contato pelo número (65) 9971-1493.

search