Dollar R$ 5,57 Euro R$ 6,07
Dollar R$ 5,57 Euro R$ 6,07

Cidades Terça-feira, 02 de Julho de 2024, 20:45 - A | A

Terça-feira, 02 de Julho de 2024, 20h:45 - A | A

DENÚNCIA GRAVE

Comandante dos Bombeiros é afastado por suspeita de abuso sexual contra estagiária

Thiago Portes

Repórter | Estadão Mato Grosso

O major BM Leilson Meira Vieira, comandante do 4°BBM, localizado em Sinop, foi afastado do cargo por suposto crime de abuso sexual contra um estagiária durante o serviço. Outras vítimas também procuraram a instituição para denunciar assédios. A assessoria do Corpo de Bombeiros confirmou o afastamento nesta terça-feira, 2 de julho.

Segundo informações preliminares, o major teria tentado abusar da estagiária trancando-a em sua sala. A jovem conseguiu escapar e pediu socorro à guarnição de serviço, que teria flagrado o major ainda sem calças, conforme relatos. Apesar de ser pego em flagrante, ele não teve sua prisão ratificada no ato pelo comando regional.

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

Após 20 dias do fato, outras vítimas de Leilson teriam procurado a instituição para denunciar assédios cometidos pelo major, dentre elas, médicas de um hospital de Sinop.

À reportagem, o Corpo de Bombeiros informou que instalou uma sindicância no dia 17 de maio para apurar as denúncias. Nesta terça-feira, 2 de julho, a corporação informou o afastamento do major. Ele está proibido de entrar na unidade militar que comandava.

Leia nota na íntegra:

NOTA A IMPRENSA

O Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso informa que tomou conhecimento do cometimento, em tese, de conduta inapropriada envolvendo um membro da Corporação e de imediato instaurou um procedimento apuratório – Sindicância, na data de 17 de maio de 2024.

O bombeiro militar investigado foi afastado de suas funções e o procedimento segue em andamento para apurar as denúncias apresentadas.

A investigação segue todos os procedimentos legais e regulamentares aplicáveis, garantindo que todas as partes envolvidas tenham a oportunidade de apresentar seus relatos.

O Corpo de Bombeiros Militar continua empenhado em conduzir a apuração de maneira justa e imparcial e ratifica que não coaduna com condutas inadequadas dos membros da corporação.

search