Dollar R$ 5,12 Euro R$ 5,56
Dollar R$ 5,12 Euro R$ 5,56

Brasil Segunda-feira, 25 de Março de 2024, 14:39 - A | A

Segunda-feira, 25 de Março de 2024, 14h:39 - A | A

SÍMBOLO PANTANEIRO

Sucuri de 7 metros que viralizou em vídeo é encontrada morta

g1

Uma sucuri, de quase 7 metros, foi encontrada morta às margens do rio Formoso, em Bonito (MS), neste domingo (24). De acordo com o documentarista de vida selvagem Cristian Dimitris, a cobra morta é a mesma que viralizou em um vídeo compartilhado pelo biólogo holandês Freek Vonk.

A causa da morte da serpente é investigada. Em denúncia nas redes sociais, o documentarista atestou que a serpente morta é a mesma filmada inúmeras vezes, inclusive pelo biólogo holandês. A identificação da cobra foi feita a partir das manchas que a serpente tem pelo corpo, que servem como digitais da espécie, como explica Dimitrius, que filma cobras na região há 10 anos.

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo do WhatsApp e receba informações em tempo real (clique aqui)

- FIQUE ATUALIZADO: Participe do nosso grupo no Telegram e fique sempre informado (clique aqui)

A identificação da serpente também foi confirmada pela especialista em sucuris e pesquisadora da Universidade de São Paulo (USP) Juliana Terra, que acompanhava a cobra há 8 anos em estudos. A cientista comentou que a sucuri era chamada de Ana Julia e símbolo para região de Bonito.

Com imagens de arquivo, Cristian Dimitrius conseguiu precisar que a cobra morta era Ana Julia. Na postagem, o documentarista indicou a possibilidade da sucuri ter sido morta por um tiro. As causas da morte só serão atestadas após análise e investigação da Polícia Militar Ambiental (PMA).

"Comparei as marcas do rosto, que são como impressões digitais. Ela deve ser a sucuri mais famosa do mundo, totalmente emblemática para a região. Imagens com a serpente já rodaram o mundo", comentou Cristian Dimitrius.

Equipes da PMA de Bonito devem ir ao local onde a cobra foi encontrada morta para levantar informações. A ida deve ser feita ainda nesta segunda-feira (25).

A cobra foi encontrada com o corpo completamente inchado. "Hoje recebi a notícia de que a sucuri foi morta e seu corpo foi encontrado boiando no rio Formoso. Que tristeza, que raiva!!!! Quem teria feito um absurdo destes????", escreveu o documentarista nas redes sociais.

Morte acende alerta e comove especialistas

Ana Júlia foi filmada por Cristian Dimitrius ao longo dos últimos 10 anos. A cobra já foi protagonista de reportagens do g1, documentários especiais da BBC e apareceu em vários conteúdos digitais.

"Todos os anos muitas pessoas vão até a região para fotografar sucuris. Tive o privilégio de fotografar esta sucuri ano passado pela última vez. Agora esta morta, sinto mistura de revolta e tristeza, raiva também!", exclamou o documentarista.

A cobra era acompanhada pela especialista em sucuris Juliana Terra há pelo menos 8 anos. Doutora em ecologia pela Universidade de São Paulo (USP), a bióloga lamentou e afirmou que a morte da cobra é algo irreparável para biodiversidade de Bonito.

"Registrei alguns eventos reprodutivos, as gestações e alguns filhotes, além de diversos aspectos da história de vida da sucuri, infelizmente recebo essa notícia", comentou Juliana.

A especialista explica que Ana Júlia era uma sucuri verde e também confirmou que a cobra morta é a mesma que viralizou no vídeo do biólogo holandês.

As fêmeas desta espécie, especialmente, são consideradas topo de cadeia, que são animais que podem controlar as populações e presas. A influência da serpente gera um ecossistema balanceado, como a pesquisadora explica.

"Era um animal adulto e saudável, teria ainda pela frente provavelmente muitos eventos reprodutivos para contribuir para a perpetuidade da população de sucuris da região, ela era um símbolo também, conhecida localmente e pelos turistas já que costumava ficar descansando no barranco do rio onde passa o passeio de bote".

Em nota, a prefeitura de Bonito lamentou a morte da sucuri e informou que acompanhará de forma próxima as investigações do caso.

Leia a nota na íntegra abaixo:

"A Prefeitura de Bonito manifesta total repúdio pelo ocorrido com a Sucuri ‘Ana Júlia’ em nosso município. A relevância de um animal desse porte nas nossas áreas mostram o quão equilibrado o nosso ambiente está, porque um ambiente para suportar um animal topo de cadeia, como uma sucuri de quase 7 metros, precisa estar no mínimo equilibrado e essa atitude pessoal, de alguém que cometa um ato como este, é totalmente desprezível e vai contra tudo aquilo que a gente trabalha para em prol do meio ambiente. Então esperamos que as autoridades competentes consigam identificar os autores e punir os culpados".

search